Blog 93 FM

Conheça nosso blog
03 Janeiro 2018

‘O Outro Lado do Paraíso’: Suzy e Irene se unem em vingança contra Samuel e Cido

Suzy (Ellen Rocche) não vai dar paz para Samuel (Eriberto Leão) e Cido (Rafael Zulu) na novela “O Outro Lado do Paraíso” e contará com o apoio de Irene (Luciana Fernandes) para colocar seu plano de vingança em prática. Grávida e hospedada na casa do casal homossexual, ela consegue convencer a empregada doméstica a deixar o serviço da casa de Clara para trabalhar na de Adnéia (Ana Lucia Torre) e dar o troco no ex-noivo.

Cido rompe noivado com Irene para morar com Samuel

De acordo com o colunista Daniel Castro, tudo começa após as cenas em que a enfermeira desmascara o marido e cria uma grande confusão no hospital ao contar para todos que o psiquiatra é gay. Decidido a assumir sua homossexualidade, Samuel convida Cido para morar com ele em outro apartamento, mas Adnéia consegue convencer o filho a permanecer em sua casa com o namorado que irá provocá-la. Cido aceita o pedido do companheiro e termina o relacionamento que mantém com Irene, a quem presenteava com dinheiro dado pelo médico.

‘Mas que cara de pau! O Cido! Tão machão’

Com o aumento do trabalho doméstico, já que precisa dar muita atenção a Suzy devido à sua gravidez de risco, Adnéia resolve contratar uma pessoa para ajudá-la nos afazeres da casa. A enfermeira acamada, então, pensa ser o momento ideal para conversar com a ex-noiva de Cido. “Irene, eu sei que teu noivo rompeu com você”, diz Suzy, e a jovem diz ainda não saber o motivo do fim da relação. “Cê não fez nada, querida. Eu vou contar o motivo”, fala a mulher traída que demorou para conseguir ter relação sexual com o marido. Irene, chocada ao saber que o motorista é gay e foi pego na cama com Samuel, dispara: “Mas que cara de pau! O Cido! Tão machão”.

Suzy faz acordo com Irene em plano de vingança

Vendo o espanto de Irene, Suzy continua a persuasão. “Pra você ver, também fui enganada. Dá raiva, não? Mas sabe, agora naquela casa, precisamos de uma funcionária pra todo serviço. Aceita o emprego?”, pergunta. “Deixa ver se entendi. Eu, você, o doutor Samuel e o Cido no mesmo apartamento?”, questiona Irene, e a gestante acrescenta: “Mais a mãe do Samuelzinho, como ela diz”. A empregada doméstica concorda com a parceria e Suzy, animada, grita, esticando as mãos para selar a união: “Amiga!”

|

Deixe um Comentário