Blog 93 FM

Conheça nosso blog
25 dezembro 2017

Jogadores escolhem Tite o melhor treinador; Wanderley Luxemburgo é o pior

O Pesquisão do UOL chega em 2017 a sua sexta edição. No levantamento, a reportagem consultou jogadores que disputaram as Séries A e B do Campeonato Brasileiro neste ano. Foram 111 atletas ouvidos, dos seguintes clubes: Atlético-MG, Atlético-PR, Botafogo, Corinthians, Coritiba, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco. Eles responderam, de forma anônima, a 24 questões sobre temas variados.

Os jogadores da Série A ouvidos no Pesquisão UOL elegeram Tite como o melhor técnico do ano. O comandante da seleção ficou com 29,7% dos votos, na frente de Fábio Carille, que ficou na segunda colocação. A terceira posição da categoria ficou com Mano Menezes, campeão da Copa do Brasil com o Cruzeiro, com 11,7% dos votos. Zé Ricardo (8,1%), ficou em 4º lugar.

Vencedor da Libertadores com o Grêmio, Renato Gaúcho foi apenas o 5º colocado  com 6,3% dos votos.

O pior

No quesito pior técnico, os jogadores escolheram Vanderlei Luxemburgo com 12,6% dos votos. Seguido por Milton Mendes  com 9,9% e Celso Roth com 4,5% dos votos.

Apito

Anderson Daronco foi eleito pelos jogadores da Série A como o melhor árbitro do país. O gaúcho teve 22,5% dos votos no Pesquisão UOL. Sandro Meira Ricci foi o segundo mais votado (com 9,9%), seguido de Luiz Flávio de Oliveira (9%) dos votos.

Na votação para pior árbitro do país, o paranaense Heber Roberto Lopes foi o mais votado na edição deste ano, com 18%. Em seguida apareceram Leandro Vuaden (13,5%) e, curiosamente, Anderson Daronco (7,2%) – provando que é difícil apitar futebol no Brasil.

Jogador mais legal

Aos 43 anos, Zé Roberto abandonou o futebol no final do Campeonato Brasileiro como um atleta querido, cercado de homenagens de companheiros do Palmeiras e de adversários de outros times. O Pesquisão UOL confirma essa reputação do agora ex-jogador, eleito o “cara mais legal” do futebol nacional. O lateral/meia que defendeu o Palmeiras ao longo de 2017 recebeu 5,4% dos votos no levantamento promovido pelo UOL.

Em segundo lugar apareceram Edinho (Coritiba) e Felipe Bastos (Corinthians), empatados com 4,5% dos votos.

O jogador mais chato

Zagueiro da Ponte Preta na última edição do Campeonato Brasileiro, Rodrigo terminou a temporada com a pior das imagens, expulso em partida contra o Vitória após “dedada” desrespeitosa no atacante Tréllez.  Por essas e por outras, Rodrigo foi eleito pela terceira vez consecutiva como o “jogador mais chato do Brasil”, no levantamento do Pesquisão UOL, com 111 atletas da Série A. O zagueiro recebeu 23,4% dos votos.

Agora em 2017 o pódio foi completado pelo são-paulino Petros (8,1%) e pelo palmeirense Felipe Melo (6,3%).

O jogador  mais violento

A fama que acompanha Felipe Melo desde a Copa de 2010 acabou seguindo o volante em seu retorno ao futebol brasileiro. O palmeirense foi eleito o jogador mais violento do país no Pesquisão UOL, com 31,5% dos votos dos colegas de profissão.

Depois do “Ousado”, como Felipe Melo gosta de se descrever, ficou o zagueiro Rodrigo, que defendeu a Ponte Preta no Brasileirão, com 15,3% dos votos. Já em terceiro apareceu o corintiano Fagner, com 8,1%.

O destaque da série A

Com 30,6% dos votos, o corintiano Jô foi eleito no Pesquisão UOL como o melhor da Série A. segunda colocação ficou com o são-paulino Hernanes, com 14,4% dos votos. O gremista Luan foi o terceiro, com 11,7%.

O time do ano

O campeão da Libertadores deste ano foi aclamado pela maioria dos jogadores ouvidos no levantamento – o Grêmio de Luan e companhia ficou com 39,6% dos votos. Em seguida apareceram o Corinthians, com 28,8%, e o Cruzeiro, com 10,8%.

Melhor jogador do ano

No Pesquisão UOL, Cristiano Ronaldo também foi o eleito. Mais da metade dos jogadores da Série A do Brasileiro ouvidos pela reportagem escolheu o português como o melhor de 2017 (50,4% dos votos). Na sequência vieram Messi (26,1%).

Melhor jogador do Brasil no ano

Se não é unanimidade, Neymar pelo menos desfruta da aclamação da maioria dos colegas de trabalho em seu país. A estrela do PSG recebeu 62,1% dos votos dos jogadores da Série A ouvidos no Pesquisão UOL na categoria melhor do Brasil.

Em grande ano com a camisa do Grêmio, Luan ficou com a segunda posição (9% dos votos). Em seguida apareceram outros nomes de destaque na temporada: o atacante Jô, campeão brasileiro com o Corinthians (6,3%), e o meia Thiago Neves, vencedor da Copa do Brasil com o Cruzeiro (3,6%).

|

Deixe um Comentário